Pular para o conteúdo principal

Postagens

DESTAQUE

Amor sem esperança

Composição de Maria Clara sobre o poema "Discurso Fúnebre" de João L. Sabino.

Últimas postagens

Angústia

O Brasil que tem jeito*

Necessidades

SAUDOSISMO

EU GIRASSOL

Sozinho, deixe-me sozinho

Oceano

As bolsas dos olhos transbordam a água

Onze horas da noite

1° de abril

Por ser quem sou, não consigo ser outro, senão eu.