Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2017

Angústia

Angústia queimando meu peito
A rústica sensação de que não há jeito
Queimando o coração
Fazendo avesso o direito
Angustiando as horas

Todas as coisas e suas demoras
Tudo dói
Todos os sonhos, histórias, memórias
Tudo se foi
Ou vai
Ou fica

Angustia, augusta angústia!
Come minha vontade de viver
Come a saudade, faz esquecer
Que há um amanhã
Depois de hoje
Faz esquecer de que há um hoje
Devora a hora
Dói de agora em diante
Eterniza o sofrer no instante
Preenche o vazio
Esvazia ainda mais!

Faz-me rio sem mar
Faz-me templo sem paz
Profana-me!

Angústia: o sufoco.
Angústia: a falta de ar.
Angústia: pareço louco.
Angústia: dedos na jugular.

Angústia queima
Angústia revira

Angústia,
Por que vive em mim?

Necessidades

Não basta estar vivo:
é preciso viver,
sentir, saber...
É preciso arriscar,
tremer, chorar,
sorrir, cantar.
É preciso sofrer
para ver como é superar a dor,
é preciso correr para os braços de quem for,
é preciso abraço,
é preciso amasso,
corpos conexos,
é preciso sexo,
é preciso amor!